O Agrupamento de Escolas Prof. António da Natividade, criado em 2003, situa-se no concelho de Mesão Frio, distrito de Vila Real. É constituído por um centro escolar e a Escola Básica e Secundária Prof. António da Natividade (escola-sede). Integra o Programa dos Territórios Educativos de Intervenção Prioritária (TEIP), desde janeiro de 2013.

Em 2012-2013, a população escolar é constituída por 757 crianças e alunos: 112 (cinco grupos) da educação pré-escolar; 182 (oito turmas) do 1.º ciclo; 107 (quatro turmas) do 2.º ciclo; 187 (nove turmas) do 3.º ciclo; 74 (quatro turmas) dos cursos científico-humanísticos; 95 (cinco turmas) dos cursos profissionais (Técnico de Informática de Gestão, Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos, Técnico de Turismo e Técnico de Comércio).


Dos alunos matriculados 1,8% não têm a nacionalidade portuguesa, 61% dos alunos do ensino básico e 60% do ensino secundário têm computador com ligação à internet em casa e 31% não beneficiam de auxílios económicos, no âmbito da ação social escolar.


A educação e o ensino são assegurados por 79 docentes, dos quais, 80% são do quadro. A sua experiência profissional é significativa, pois 75% lecionam há 10 ou mais anos. O pessoal não docente é constituído por 41 elementos, tendo a sua totalidade celebrado contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado.

No que respeita à formação académica, 5% dos pais dos alunos do ensino básico têm uma formação superior e 16% secundária e superior, enquanto 1% dos pais dos alunos do ensino secundário possui formação superior e 8% possuem formação secundária ou superior. Quanto à ocupação profissional, 8% dos pais dos alunos do ensino básico e 4% dos do ensino secundário exercem atividades profissionais de nível intermédio ou superior.
No ano letivo de 2010-2011, ano para o qual a Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência disponibilizou valores de referência, as variáveis de contexto do Agrupamento, designadamente a percentagem de alunos dos 4.º 6.º, 9.º e 12.º anos sem auxílios económicos no âmbito da ação social escolar, a média do número de anos das habilitações dos pais e das mães e a percentagem de docentes do quadro encontravam-se abaixo da mediana registada nas escolas do mesmo grupo de referência. A idade média dos alunos do 4.º, 6.º e 9.º anos coincide com a mediana, enquanto a dos alunos do 12.º ano está acima da mediana. Estes dados permitem-nos considerar que estamos perante um contexto desfavorável.